tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

sexta-feira, abril 23, 2021

Filled Under:

O céu de Conceição da Barra


Por Célio Barcellos
Constantemente, recebo do amigo Zé de Alceu, lindas fotos do pôr do sol barrense. Na verdade, o seu nome exato é Pedro José. O Alceu é uma referência a seu pai, o saudoso Sr. Alceu, mecânico de primeira categoria para as máquinas pesadas e embarcações dos tempos de ouro da pesca no município. 

Umas das últimas fotos que ele me enviou, chamou-me bastante a atenção pelo colorido no céu. Não é o céu de Santo Amaro como cantado por Flávio Venturini, mas é o céu de Conceição da Barra na ótica do meu amigo Zé. E que céu lindo! 

No rumo do barco, na vertical à esquerda, está Cumulunimbus, com um tom violeta e ladeada por Estratocumulus em tom lilás que na perspectiva celestial forma um background anil escuro e uma claridade no poente.

Quando refletidas no Cricaré, a luz e as sombras, deixaram as águas tricolores, numa perpendicularidade entre o céu e o rio. 

Tenho a oportunidade de estar morando nas alturas e da sacada ver o sol indo embora. Do apartamento, vejo carros trafegando numa Anhanguera veloz e intensa. Ao deixar de brilhar aqui, o sol parte para brilhar do outro lado do planeta, proporcionando a outros cronistas e poetas descreverem suas percepções do espetáculo que a natureza nos oferece diariamente. Obrigado Deus, por clarear nossas retinas! 

Toda vez que retorno à minha terra, não deixo de passar pelo cais e observar o Cricaré. Lá, esqueço a correria da vida, a velocidade da Anhanguera e apenas observo a calmaria, os sons das águas, o cheiro e a brisa do mar que da boca da barra, empurra os barcos e os ancoram no cais. 

Não sou um Gonçalves Dias com saudades do Maranhão e muito menos um Casemiro de Abreu em sua linguagem infante descrevendo os laranjais de seu lugar. Apenas sou Célio Barcellos - o Celinho de Itaúnas, filho de Dodô, neto de Valdemira e de João Pequeno, que ao receber uma foto, do amigo distante  tenho a consideração de agradecer em crônica. 

Valeu grande Zé! Você está do lado esquerdo do peito, dentro do coração. Pela graça de Deus, no verão a gente se encontra para papearmos no cais e observarmos essa linda paisagem.

Um feliz sábado a todos! Pirassununga, 23 de abril de 2021

10 comentários:

  1. Excelente, lindíssimas imagens e texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo Suhett! Agradeço a sua apreciação. Que Deus te abençoe!

      Excluir
  2. Maravilhoso meu primo! Me leva com você.rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado prima! Vamos sim. Temos que passar pelo menos um final de semana em nossa terra. Um grande abraço!

      Excluir
  3. Parabéns pelo texto pastor Célio muito bem redigido vou me dedicar mais também por olhar o por do sol ver o "sol indo embora"... Feliz Sábado!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns meu amigo e irmão em Cristo vc é um previlegiado em saber descrever com palavras aquilo que todos nós asim como vc está longe de nossa linda a amada serra natal sente.

      Excluir
    2. Obrigado grande Altemar! A nossa terra está em nosso coração. É sempre bom falar de algo que nos faz bem. Um abraço!

      Excluir
    3. Obrigado Vilma! a natureza nos sensibiliza e nos remete ao Criador. Que Deus te abençoe!

      Excluir
  4. Uma belíssima reflexão. Pude-me transportar para este lugar em Espírito e desfrutar desta imensa grandiosidade e beleza. Muito inspirador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo! A natureza eleva o nosso estado de espírito. Que Deus te abençoe!

      Excluir