tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

terça-feira, dezembro 11, 2018

Filled Under:

Atirador cruel


Por Célio Barcellos

A fé de uma pessoa é algo inviolável.
Atingir essa preciosidade, é uma violência incalculável.
O ambiente da sua crença deve ser sagrado.
Ninguém tem o direito de atingir esse legado.

Ah, atirador cruel!
Que adentra o recinto, atira e mata como o fel. 
O fel do ódio, da inveja, da intolerância…
De um insano louco e covarde na matança

Que adentra uma CATEDRAL e age como fera.
Uma fera voraz, louca e insaciável por sangue.
De pessoas angustiadas em seus medos
Que de joelhos clamam em busca de sossego 

Ah, atirador cruel!
Que produz armas para se autodestruir.
Pois ao atirar no outro, atira em si mesmo,
Pois o outro, é humano como você.

Ah, atirador cruel!
Prefere a maldade à amizade.
Prefere o tiro, ao invés do abraço
Prefere a incredulidade, ao invés da fé.

Que Deus tenha misericórdia do homem!
Pois ao invés dele cuidar, prefere o maltratar.
Ao invés de amar, prefere o odiar.
E ao invés do viver, ele prefere, o assassinar…
Não somente o outro, mas a ele mesmo.
Que crueldade! Que covardia!
Que Deus tenha misericórdia das famílias atingidas!
#Campinas #atirador



0 comentários:

Postar um comentário