tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

sábado, setembro 02, 2017

Filled Under:

O ser humano é lindo e colorido


Foto: Adriana Duque - revista de bordo da Gol, voo de Vitória/ES x Galeão/RJ, 31/08/17.

Por Célio Barcellos
 
Nos anos 90, Conceição da Barra/ES, era conhecida como possuidora do terceiro melhor carnaval de rua do Brasil. Naqueles idos, havia uma banda bastante frequente e que eletrizava o público. A princípio chamava-se "Revelação", tendo como líder um cara chamado Detinho. Depois, surge com o nome de Banda Auê.
A Banda Auê fez história nas ruas daquele balneário. Até hoje, ainda é tocada a música “Amor de Verão”. Grande sucesso em homenagem a Conceição da Barra. Dentre os seus componentes, havia um jovem apelidado de “Negro Lindo”, que era habilidoso na percussão. 
Quero tomar a liberdade e dizer: Que negra linda da foto acima! À Adriana Duque, autora da foto, só tenho a dizer: parabéns por essa preciosidade! Não resisti e tirei uma foto da revista de bordo da empresa e transportes aéreos Gol.
Que maravilhoso saber que o ser humano é colorido. Seria muito chato um monte de gente com um único tom de pele, um único tipo de cabelo e uma única cor de olhos. Que bom olhar para a diversidade que temos e poder contemplar a beleza da humanidade.
Para o racista, olhar para um negro é apavorante. E se o mesmo, possuir olhos azuis da "cor do céu" ou "verdes da cor do mar", imagino que o racista se desespera. Não por ter visto algo estranho, mas por fúria e inveja mesmo.
Ninguém pediu para nascer! Muito menos escolheu a cor da pele, o tipo de cabelo ou cor dos olhos. Alguns tiveram a sorte de nascer em berço de ouro, mas isso não deveria ser tudo. Pelo contrário, deveria ser motivo de responsabilidade para fazer do mundo um lugar melhor para que todos pudessem viver de forma harmoniosa. 
Sem contar, que muitos existem na forma da brutalidade. Se rememorarmos a nossa história, veremos que muitas linhagens surgiram de abusos e estupros. Os conquistadores, além de explorar os recursos, faziam miséria com as negras e índias. Eram bárbaros e insanos. Uns verdadeiros trogloditas. 
Como povo brasileiro, se olharmos para a nossa história, perceberemos que apesar da brutalidade dos conquistadores, ainda assim, precisamos ser gratos a Deus e à vida. É preciso olhar a vida na perspectiva do evangelho. A Bíblia fala que o "evangelho é o poder de Deus para  a salvação de todo aquele que crer” (Rm 1:16).
No evangelho há transformação. Apesar das fraquezas e falta de caráter humanos, Deus é capaz de transformar um passado sombrio em presente de luz; Ele pega uma tragédia e através da Sua graça, proporciona novos rumos. Um detalhe a mais! através da vontade de um sonhador, Ele pode transformar os rumos de uma nação - (Martin Luther King Jr. e tantos outros são exemplos disso).
Portanto, que nós brasileiros tenhamos a noção de que na mistura do europeu com o índio, surgiu o mameluco - povo corajoso, que singrou rios e desbravou as matas em direção ao oeste; Na mistura do negro com o branco, surge o mulato, responsável pela economia litorânea; e na mistura do índio com o negro, surge o cafuzo.
Esse país é tão maravilhoso que abriu e continua a abrir as portas para os diversos imigrantes que adentram as suas fronteiras. Não há motivos para segregação ou racismo. Se porventura, passar por sua cabeça algo nesse sentido, se coloque no lugar do outro e pergunte: E se eu fosse ele, como gostaria  que me tratassem? 
Lembre-se: as cores são diversas e você faz parte da beleza das mesmas. Só um detalhe: não desfaça de ninguém!  vocês podem ser parentes e de uma mesma linhagem. 
Viva o povo brasileiro! Somos de uma única raça - a raça humana. 

0 comentários:

Postar um comentário