tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

terça-feira, dezembro 27, 2016

Filled Under:

Educação no trânsito é mais que necessária


radionacional.com.br

Por Célio Barcellos
 
É cada vez notória a impaciência das pessoas. Impaciência essa, que tem levado a atitudes precipitadas. Há situações sem nenhuma necessidade de chegar ao extremo como as que ocorrem cotidianamente. O mínimo de racionalidade evitaria muitas tragédias diárias se tão somente as pessoas se educassem um pouco mais.
 
Na véspera do Natal (2016), no trânsito de Vitória, por duas vezes sofri a ira desesperada de pessoas que conduziam seus veículos atrás do meu. Depois que fui aos Estados Unidos e vi na prática como os moradores de lá conduzem os seus veículos, tenho procurado me educar ao máximo. Até que não é tão difícil, porém, com condutores impacientes e raivosos, torna-se extremamente perigoso.
 
O que aconteceu comigo foi o seguinte:
 
- Ao conduzir o meu veículo numa importante avenida da capital capixaba, percebi que um pedestre estava tentando atravessar. Parei na faixa da esquerda e outro veículo na da direita. Enquanto o pedestre atravessava, mas ainda estava entre o meu carro e o veículo ao lado, começaram as buzinas e os gritos. Fiquei assustado, mas me mantive parado até o pedestre pisar na calçada.
 
Será que as pessoas não refletem no alto índice de atropelamentos e mortes causados por brigas e acidentes de trânsito? Outro dia na CBN/Vitória, ouvi uma estatista em que diariamente morrem nas estradas e trânsito brasileiros 111 pessoas. É praticamente mais que um avião da “Lamia” caindo diariamente.
 
Todos nós ficamos muito tristes com o ocorrido com a equipe de Chapecó. Mas também deveríamos ficar muito arrasados com as nossas más atitudes; sejam elas no trânsito ou em qualquer ambiente.
 
Quero dizer para você que, mesmo sendo perigoso ter de fazer o que é certo no trânsito, seguirei fazendo, pois sonho em ver motoristas mais civilizados. Espero poder ver, além de respeito ao pedestre e o respeito do pedestre às regras, também ver condutores mais conscientes nas ruas, avenidas, rotatórias e estradas desse imenso Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário