tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

quinta-feira, agosto 25, 2016

Filled Under:

Paga com a própria laranja


Por Célio Barcellos

Em 1983, o então Instituto Adventista de Ensino (IAE), localizado na Estrada de Itapecerica, Zona Sul de São Paulo, teve sua terra desapropriada pelo governo do Estado.

Devido a essa decisão em que o governo ansiava por espaço em função de crescimento habitacional, a liderança da Igreja em oração, começou a procurar uma fazenda para a construção de um novo internato.

Havia o interesse em uma propriedade no município de Tatuí. Porém, por insistência de um Colportor (missionário que trabalha com literatura), a liderança viajou até o município de Engenheiro Coelho onde se encantaram com a fazenda "Lagoa Bonita".

O então proprietário da fazenda, estava há um bom tempo querendo vender a propriedade que possuía 170 mil pés de laranjas. O motivo para se desfazer do bem, era o fato de o negócio com laranja não compensar, pois o valor da caixa era 0,83 centavos.

Pois bem, após breve período de negociação, a igreja, pela graça de Deus comprou  pelo valor de 500.000,000 (milhões) de cruzeiros.

Três meses após a escritura está no domínio da igreja e com fazenda toda paga, eis que o Estado da Flórida (EUA) foi atingido por uma nevasca que afetou toda a produção de laranjas daquela região.

Desesperados, os americanos desembarcaram no Brasil à procura de laranjas para abastecimento do mercado daquele país. Em função da tremenda crise da laranja nos EUA, o preço saltou de 0,83 centavos, para quase $5,00.

Nesse ínterim, os 170 mil pés de laranjas que estavam floridos na época da compra, por ocasião da visita dos americanos, se encontravam carregados "igual a ouro".

Os americanos fizeram a proposta de uma espécie de arrendamento, mas a igreja não aceitou, pois o objetivo da fazenda era a construção de um internato para formar pastores, líderes e profissionais que serviriam a igreja e pátria.

Mas como eles precisavam da laranja, compraram toda a produção e pagaram adiantado. Você adivinha qual foi o valor? 500.000,000 - Ou seja: o mesmo valor de compra da fazenda. Isso quer dizer, que a fazenda ficou de graça para a igreja. Amém!
Confie sempre em Deus, pois Ele é dono de tudo.

Relatado pelo Pr. Hebert Boger, em 17/07/16 por ocasião do I Simpósio de Mordomia da UCB no Unasp.

0 comentários:

Postar um comentário