tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

segunda-feira, junho 13, 2016

Filled Under:

Gays e heteros são seres livres

veja.abril.com.br
Por Célio Barcellos



Na madrugada desse domingo (12), a cidade de Orlando no Estado da Flórida, foi palco do pior ataque terrorista em solo americano desde o 11 de setembro de 2001. O atirador, Omar Saddiqui Mateen, de apenas 29 anos, era um cidadão norte-americano e filho de pais afegãos.

Os motivos do ataque ainda não estão plenamente confirmados, apesar de o Estado Islâmico já ter assumido a autoria do atentado e dizer que “Deus permitiu ao irmão Omar Matten, um dos soldados do califado nos Estados Unidos, lançar uma ghazwa [termo islâmico para designar um ataque] em uma discoteca de sodomitas...” (fonte: g1.globo.com)

Não importam quais sejam os motivos que levaram a essa babárie. O que de fato importa é que nenhum ser humano, seja ele gay, hetero, cristão ou mulçumano, deve ser tratado dessa maneira. Se a reinvidicação é em nome de Deus para atos como esse, deixe que o próprio Deus cobre de cada um de nós e não humanos que não possuem qualquer neutralidade para ações.

Dá medo de viver! Soa até estranho a frase, mas é que o podemos sentir quando saimos de casa e não sabemos se reencontraremos pessoas que amamos e que nos amam. Como ser tão cruel a ponto de tirar vida de pessoas?

Deixe as pessoas serem elas mesmas. Se porventura, a sua proposta de vida for interessante e se julgar importante, espere contatos amistosos para enfim introduzí-la e quem sabe compartilhar sem necessariamente utilizar da força e violência para impor o que pensa. Isso deve valer para todos! Sejam cristãos, gays, muçulmanos e etc...

Particularmente, quero compartilhar de uma recente descoberta que obtive. Apesar de para mim não ser tão recente, uma vez que eu sempre soube da existência do meu pai e onde ele morava. A negativa era por parte dele, que infelizmente demorou 41 anos para reconhecer a paternidade. Também sabia que eu tinha dois irmãos. Um deles, conheci quando eu estava com 21 anos.

Na ocasião, na cidade de Pedro Canário-ES, alguém o me apresentou e a despeito dele ser gay, não o destratei, porém, o abracei e fiquei muito feliz por saber que ele era o meu suposto irmão. Vinte anos se passaram até a confirmação da paternidade.

A princípio me assustei, mas jamais destratei ou destraterei o meu irmão ou qualquer pessoa que viva o mundo que ele vive. Tenho as minhas convicções religiosas e princípios familiares que não concordam com a postura homossexual, pois entendo que relacionamento sexual é entre um homem e uma mulher, mas jamais irei, ofender, destratar ou ferir alguém que escolheu esse modo de viver.

Tão logo que surgiu a primeira oportunidade, o convidei até à minha casa para almoçar comigo e conhecer a miha esposa e os nossos filhos. Apesar dele residir no exterior, mantenho um bom diálogo com ele. Cada um vive a sua vida respeitando o universo de cada um.
Como cristão, entendo que Deus julgará o mundo. E como acredito em Sua soberania, confio que Ele execultará a justiça da maneira mais fiél. Cada ser humano, estará diante desse tribunal. Até porque, tem algo em cada um de nós, chamado LIBERDADE, que Ele não interfere e nem aceita interferências.

Portanto, cuidado com o que você faz em nome de Deus! Se Ele precisar de um “porta voz” para advertir a humanidade, todos saberão, pois o ser humano, possui a capacidade de discernir entre o certo e o errado. Não faça injustiças em nome dAquele que não te mandou. Quando chegar o tempo de purificar a terra em função dos pecados de heteros, homossexuais, cristãos, muçulmanos e qualquer ser humano desse planeta, é melhor que aconteça por Deus e não por nós, pois Ele é o Criador e nós criaturas.

0 comentários:

Postar um comentário