tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

sexta-feira, fevereiro 26, 2016

Filled Under:

Grude em Cristo e seja livre!



Por Célio Barcellos

Nesta semana, ao caminhar com a minha filha pelo bairro, me deparei com a árvore acima. Fiquei impressionado como a planta não mediu esforços para se agarrar ao muro de aproximadamente 5 metros de altura.

Duas lições dessa frondosa árvore: A primeira se dá no aspecto negativo, quando permitimos o pecado dominar a alma e criar um emaranhado de ramificações que sufoca e mata. A segunda, tem que ver com a nossa atitude em grudarmos em Deus.

Partindo desses dois sentidos, fazendo uma consexão com os 10 dias de oração e culminando com as 10 horas de jejum, percebi a necessidade de constante  vigilância cristã. O alimento espiritual precisa estar diariamente em dia para que a vida do cristão esteja blindada contra as raízes do pecado.

O movimento de oração proposto pela Divisão Sul Americana (DSA), veio a somar e incentivar pessoas a buscarem +Comunhão, +Relacionamento e +Missão. 

Assim como na Igreja Adventista, muitos queridos irmãos, espalhados pelas variadas igrejas, possuem o hábito de orar pela presença de Deus e em prol do semelhante, que também é vitima dos ardís do inimigo, das tristezas e pandemias desse mundo.

Foi notório, o empenho de pessoas saindo de suas casas de madrugada e partindo para a igreja em busca de poder e amparo do Senhor. Particularmente, estive realizando a semana numa igreja em que eles decidiram participar dos cultos nas madrugadas e durante as noites.

Tenho orado pelos irmãos! Eles são verdadeiros guerreiros, que diarimente lutam pela sobrevivência em meio à violência e perigos da cidade grande. Eles não medem esforços ao saírem de suas casas, de madrugada ou a noite para irem à igreja buscarem forças para sí e para a família, além de contrubuírem voluntariamente com a causa do Mestre.

Apesar de em momentos, alguns tirarem a gente do sério,  é necessário avaliar todo o pano de fundo, pois, por tráz de cada rosto e de cada atitude, há um ser humano que pode estar sofrendo envolto a um emaranhado de raízes e preso ao muro do pecado.

Portanto, grude no Senhor! E grudar nEle é renunciar ao "eu" e permitir que Ele te liberte das cadeias e ramificações do mal.  Lembre-se que Cristo é a verdade  que liberta (Jo 8:32). Se você está em Cristo, não se sinta aprisionado, mas livre para fazer o bem.





0 comentários:

Postar um comentário