tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

segunda-feira, dezembro 07, 2015

Filled Under:

Conceição da Barra, já teve algumas coisas.


pt.wikipedia.org
Por Célio Barcellos

No “encontro das águas do mar com o rio Cricaré, de um beijo ardente nasceu uma linda mulher...”

O romantismo da frase acima, é de uma beleza extraordinária (parte de uma linda poesia que virou música). No entanto, o fruto de um beijo que faz surgir uma cidade de grande importância para a economia da então “Capitania do Espírito Santo”, remonta à época do Descobrimento.

Por sua localização privilegiada, e por seu porto de águas tranquilas, a “Barra”, “Barra de São Mateus” e atualmente, “Conceição da Barra”, serviu de apoio para embarcações e transporte para o progresso. Localizada na parte extrema do litoral norte Espírito Santense, contribuiu do oriente ao ocidente com seu povo, sua cultura, seus recursos, suas águas e suas riqueza.

Em 6 de outubro de 1891, ela ganha identidade própria. De suas terras, surgem nomes como: Benônio Falcão de Gouveia – combatente morto na 2ª Guerra; Sebastião Cabral da Silva – médico veterinário, formado no Rio de Janeiro, foi secretário de Saúde do Estado e diretor da Fundação Hospitalar, atual IESP; Hermógenes da Fonseca – folclorista de primeira grandeza; Maciel de Aguiar – escritor e historiador; Bernadete Lyra – Cronista e professora na USP; Kátia Bóbbio – escritora e funcionária do Estado; Salomão da Silva Pinto (Sosó) – poeta, artista plático e residente no município, além de tantos outros.

Conceição da Barra é um lugar lindo! de ruas planas, de rica vegetação, de lindas praias e de uma brisa suave e refrescante. Dentre as suas praias, a de Itaúnas, conhecida internacionalmente é simplesmente bela!

Também, há o distrito de Braço do Rio, localizado na BR 101, e de grande importância para a economia local. Além das muitas comunidades esquecidas tais como: Estiva, Assentamento Paulo Vinhas, Comunidades Quilombolas de Angelim, Linharinho e tantos outros lugares.

Agora! Em se tratando de Instituições, a Barra já teve: Capitania dos Portos, Coletoria Estadual, Cobraice – madeireira de grande porte, três frigoríficos pesqueiros e outras mais. Eram empresas que alavancavam o comércio e fortalecia a economia do município.

Ao visitar Conceição da Barra, você encontrará uma linda “orla” repleta de hoteis e pusadas. Porém, uma cidade que sentiu as irresponsabilidades de seus gestores. Não fossem as duas usinas (localizadas em Braço do Rio), o comécio local, prefeitura e os que acreditam na pesca, a cidade estaria sofrendo mais.

Portanto, que os barrenses se unam nesse difícil momento do Brasil e busquem alternativas para o desenvolvimento desse querido lugar. Está na hora de avaliar o histórico político desse Município e deletar da memória os aproveitadores de plantão. É hora de encontrar caminhos para ter um lugar cada vez mais agradável para todos. Afinal! A “cidade do já teve”, com investimentos bem direcionados, poderá voltar a ter e trazer mais.

0 comentários:

Postar um comentário