tempo de oportunidades

tempo de oportunidades

terça-feira, outubro 27, 2015

Filled Under:

Paulo e o pastorado



Por Célio Barcellos

“Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus.” 1Cor. 4:1

A palavra traduzida para ministro (ύπηρετέω) tem o significado de ser útil, servir, fornecer.iÉ claro que o significado atual da palavra denota alguém num posto de alta excelência no âmbito governamental, no entanto, o seu significado nos dias do Apóstolo Paulo era um tanto desanimador.

Para Wiersbe, o termo tem o significado literalmente de “remador” e se refere aos escravos que remavam nas enormes galés romanas.ii As Galés eram embarcações que possuíam três níveis e Paulo se considerou o remador do 3º nível, aquele que recebia todo lixo e excrementos dos remadores superiores.

Paulo se comparou a isto, pois estava disposto a servir remando até ao Porto Seguro. Você e eu, estamos dispostos a sermos remadores do 3º nível, suportando todo e qualquer tipo de incomodo?

No texto também ele fala de despenseiros (οικνόμους), mordomo, administrador, gerente (Lc12:42; 1Cor 4:2; Gl 4:2)iii, ou seja o trabalho do pastor também pode ser considerado como a de um mordomo, aquele que é visto como um administrador, um escravo, pois administra algo que não é dele.

Querido colega de ministério! Assimilemos de verdade e vivamos esse conceito. Ou melhor: esse privilégio! esse chamado! essa oportunidade sem igual...! Oremos juntos caros Ministros do Senhor! Pois Deus confiou a você e a mim, um rebanho que pertence a Ele, mas que nos deu totais condições de cuidarmos e administrarmos.Um Feliz dia do pastor!

i William D. Mounce. The Analytical Lexicon to the Greek New Testament. Zondervan, 1993, 462.

ii Warren W. Wiersbe. Comentário Bíblico Expositivo, Geográfica, 2006, 760.

iii Mounce, 335.

0 comentários:

Postar um comentário